AMORIM

Localização: Santa Maria da Feira
Setor de Atividade: Cortiça

No que diz respeito à incorporação de resíduos no processo produtivo a Corticeira Amorim é um caso de sucesso nacional e internacional. A empresa substitui materiais não renováveis por cortiça, um material de origem biológica, não tóxico e com propriedades que lhe conferem múltiplas aplicações

A Corticeira Amorim é uma sociedade gestora de participações sociais com sede em Mozelos, Santa Maria da Feira, com capital social de 133 milhões de Euros, com cotação em bolsa. Está organizada em cinco unidades de negócio: matérias-primas, rolhas, revestimentos, aglomerados compósitos e isolamentos. Opera em mais de 100 países, em todos os continentes e é a maior empresa mundial de cortiça.

A Amorim Cork Composites, unidade de compósitos, concentra as suas atividades na produção de granulados, aglomerados de cortiça e de cortiça com borracha. As propriedades naturais da cortiça possibilitam o fornecimento de soluções a setores de atividade tão diversos como a construção, calçado, automóvel, aeroespacial, ferroviária, artigos de design de interiores domésticos e comerciais entre outros.

Na Corticeira Amorim o conceito de reaproveitamento tem sido ambicioso, desde que em 2008 a reciclagem de rolhas de cortiça se iniciou em Portugal, com o projeto Green Cork, numa parceria da Corticeira Amorim com a associação ambiental Quercus. Este projeto estendeu-se, entretanto, a outros países, como África do Sul, Austrália, Canadá, Espanha, EUA, França, Itália e Reino Unido.

Embora não seja incorporada em rolhas, a cortiça reciclada pode ter uma segunda vida e integrar revestimentos, isolamentos, caiaques de alta competição, raquetes de badmínton, bolas de ténis e de críquete, componentes de automóveis e aviões, peças de design e de moda e uma multiplicidade de outros fins.

O incentivo da reciclagem de rolhas conquistou um universo muito vasto, que foi para além dos consumidores de vinho. Hoje em dia, agrupamentos de escuteiros, supermercados, aeroportos, restaurantes e hotéis aderem ao desafio da Corticeira Amorim. São exemplos, a American Airlines, Diageo e Aria Resort & Hotel, um dos maiores casinos de Las Vegas.

A reciclagem, além de aumentar a reutilização da matéria-prima, permite estender o ciclo de vida da cortiça e os seus benefícios ambientais, em particular a sua capacidade notável de retenção de CO2.

2018-06-05T14:57:11+00:00